Ao anunciar restrições aos horários de funcionamento dos segmentos econômicos de Cuiabá na segunda-feira (27), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) reconheceu que os horários impostos podem não ser os melhores para funcionamento das atividades econômicas.

As atividades econômicas não essenciais estavam fechadas por determinação da Justiça desde 25 de junho, medida imposta para conter o avanço do novo coronavírus na cidade. As atividades foram liberadas a funcionar na sexta-feira (24) depois que um decreto do governador Mauro Mendes (DEM) flexibilizou as medidas de distanciamento social.

“Neste primeiro momento não é o [horário de funcionamento] ideal para essa ou aquela atividade. Mas, é o ideal para com responsabilidade e muita seriedade, monitorarmos o comportamento do vírus, com a volta ao trabalho de várias atividades econômicas”, disse durante o anúncio.

Por conta disso, o decreto terá validade inicial de 15 dias e poderá ser revisado semanalmente pelo prefeito. Dessa forma, serão feitas adequações. “Nós vamos monitorar diariamente, mas vamos tomar decisões a cada 7 dias”, destacou o emedebista.

O prefeito definiu que o comércio de rua poderá funcionar das 9h às 17h; shoppings das 11h às 21h; conveniências de postos de combustíveis das 12h às 21h (de segunda a sábado); academias das 9h às 21h (de segunda a sábado); bares e restaurantes das 11h às 21h (de segunda a sábado) e salões de beleza das 10h às 20h (de segunda a sábado). O funcionamento do Shopping Popular será das 9h às 17h (de segunda a sábado); prestação de serviço em geral deve funcionar das 8h às 16h.

As atividades econômicas de lanchonetes, padarias, açougues, sorveterias, cafeterias e congêneres, funcionarão de segunda a domingo das 06h30 às 19h. As indústrias podem funcionar sem qualquer restrição de horário.

Os cinemas, piscinas coletivas e campos de futebol devem permanecer fechados para evitar aglomeração. Conforme o prefeito, a frota de ônibus vai atuar com 100% da capacidade. Já o toque de recolher passa a ser das 22h às 5h da manhã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui